sm-terapia_casalA função da terapia de casal é tratar a comunicação entre as partes, identificar o que contamina o relacionamento, encontrar novas formas de fazer contratos e desfazer conflitos.

Não é preciso ter um impasse como um pedido de divórcio para procurar ajuda. Quando o casal tem conflitos, afastamento ou agressividade e percebe que sozinhos não resolveram, é preciso mudar a tática. Há sempre o objetivo de “consertar” o relacionamento, equilibrar e fortalecer vínculos, mesmo que chegue-se à conclusão de que o melhor relacionamento possível para o casal é a separação. Neste caso o terapeuta auxiliará para que essa transição seja o menos dolorosa possível, sem anular os bons momentos compartilhados e as qualidades de cada um.

A terapia de casal é útil tanto para casais formalizados quanto para namorados que moram juntos. O terapeuta ajuda o casal a desvendar o que está encoberto por trás das brigas repetitivas e aparentemente fúteis. Muitas vezes um segredo, uma traição, problemas financeiros ou disfunções sexuais, são a causa, outras vezes é simplesmente um problema individual que afeta a relação. Na terapia de casal pode-se compreender qual o melhor caminho para a saúde mental das partes, e entender as dissonâncias existentes entre o que se espera e o que é na realidade. Além das sessões, a terapia consiste em exercícios e tarefas que devem ser realizados ao longo da semana. Portanto, é necessário que o casal esteja realmente disposto. O profissional não resolve nada sozinho.

Uma psicoterapia é uma experiência que transforma; pode-se sair dela sem o sofrimento do qual a gente se queixava inicialmente, mas ao custo de uma mudança. Na saída, não somos os mesmos sem dor; somos outros, diferentes.
Contardo Galligaris